Pro Reitoria de Pesquisa

PIBIC

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica é um programa do CNPq que concede anualmente bolsas de Iniciação Científica. Em contrapartida, o Serviço de Apoio ao Estudante – SAE/UNICAMP, concede uma quota institucional de Bolsas Pesquisa que seguem as mesmas normas do CNPq.

 

Quantidade de bolsas em vigência:

PIBIC/CNPq:  638 bolsas
PIBIC-Af/CNPq: 15 bolsas
Pesquisa SAE: 244 bolsas
Pesquisa SAE/AF: 35 bolsas
Empresa DOW Brasil: 10 bolsas

Valor da bolsa: R$ 400,00 (estipulado anualmente pela diretoria do CNPq).
Valor da bolsa DOW: R$ 900,00
 

Inscrições 2020 encerradas!

Consulte o EDITAL 2020 | 2021

 

1. Escolher a opção Iniciação Científica (PIBIC/CNPq e Pesquisa SAE/UNICAMP).
(O aluno deverá optar por um dos programas e realizar apenas uma inscrição em seu próprio nome).

 

a) Cadastro inicial do aluno:
- Dados pessoais; e
- Indicação do orientador responsável.

Obs.: Os alunos que concluíram o PROFIS e estão atualmente matriculados na graduação Unicamp podem concorrer às bolsas patrocinadas pela empresa DOW Brasil. Para isso, essa opção deverá ser escolhida nesse momento.



b) Validação e finalização da inscrição pelo orientador:
- Dados pessoais;
- Dados do projeto; e
- Arquivo PDF do projeto de IC(*).

Importante: Poderão atuar como orientadores os docentes e pesquisadores (carreira PQ), ativos e com vínculo empregatício Unicamp, ou Professores / Pesquisadores Colaboradores Voluntários  (somente docentes aposentados da Unicamp).

 

(*) Projetos de IC:

Arquivo PDF de no máximo 8 páginas que contenha:
a. Resumo
b. Introdução
c. Objetivos
d. Métodos
e. Cronograma de atividades
f. Referências
 

Importante: Os projetos de Iniciação Científica e Tecnológica do CNPq deverão apresentar aderência a, no mínimo, uma das Áreas de Tecnologias Prioritárias do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), conforme Portaria nº 1.122, de 19.03.2020:

  • Tecnologias Estratégicas, nos seguintes setores: Espacial; Nuclear; Cibernética; e Segurança Pública e de Fronteira.
  • Tecnologias Habilitadoras, nos seguintes setores: Inteligência Artificial; Internet das Coisas; Materiais Avançados; Biotecnologia; e Nanotecnologia.
  • Tecnologias de Produção, nos seguintes setores: Indústria; Agronegócio; Comunicações; Infraestrutura; e Serviços.
  • Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável, nos seguintes setores: Cidades Inteligentes e Sustentáveis; Energias Renováveis; Bioeconomia; Tratamento e Reciclagem de Resíduos Sólidos; Tratamento de Poluição; Monitoramento, prevenção e recuperação de desastres naturais e ambientais; e Preservação Ambiental.
  • Tecnologias para Qualidade de Vida, nos seguintes setores: Saúde; Saneamento Básico; Segurança Hídrica; e Tecnologias Assistivas.

São também considerados prioritários, diante de sua característica essencial e transversal, os projetos de pesquisa básica, humanidades e ciências sociais que contribuam, em algum grau, para o desenvolvimento das Áreas de Tecnologias Prioritárias do MCTIC.

 

► Novidade!
Através de patrocínio da empresa DOW Brasil Indústria e Comércio de Produtos Químicos Ltda., serão concedidas 10 (dez) bolsas a alunos que tenham cursado integralmente o PROFIS e que estejam regularmente matriculados nos cursos de graduação da Unicamp, de qualquer área.
Para isso, essa opção deverá ser escolhida no ato da inscrição do aluno.

Valor mensal da bolsa: R$ 900,00 (novecentos reais)

Os alunos não contemplados concorrerão automaticamente às bolsas PIBIC/CNPq e Pesquisa/SAE.

Saiba mais...

 

Alunos externos: Apesar da prioridade ser para os alunos da UNICAMP, os graduandos de outras instituições nacionais também podem se inscrever no PIBIC.
O processo de inscrição é exatamente igual para todos os alunos. Entretanto, o aluno externo deverá incluir o histórico acadêmico ao final do projeto.

 

Os cadastros dos currículos Lattes do Aluno e do Orientador são obrigatórios para envio da inscrição.

Site desenvolvido por Chuva Inc.