Pró-Reitoria de Pesquisa

Unicamp institui Políticas de Integridade em Pesquisa e Acesso Aberto

O CONSU aprovou no mês de outubro a institucionalização na Universidade de duas importantes políticas relacionadas às práticas no desenvolvimento das atividades de pesquisa e ao acesso à produção intelectual e científica gerada na Unicamp. A aprovação da Política de Boas Práticas e Integridade em Pesquisa e da Política de Acesso Aberto à Produção Intelectual e Científica, cujos conceitos já constituem práticas consolidadas na Universidade, reafirmam o compromisso institucional com os princípios e valores de integridade ética em pesquisa e o amplo acesso ao conhecimento gerado, em especial, pelas instituições públicas, reforçando o alinhamento da Unicamp com os princípios preconizados pela comunidade científica nacional e internacional, em benefício da coletividade acadêmica e a sociedade em geral.

Ambas as políticas são fruto do trabalho de GTs da PRP, compostos por docentes e pesquisadores que ao longo de vários meses se debruçaram sobre os temas. As propostas dos GTs foram ainda amplamente discutidas e enriquecidas na Comissão Central de Pesquisa (CCP) antes de seguirem para o CONSU.

As instituição das Políticas resultaram ainda na criação de duas importantes Comissões:

Comissão de Integridade em Pesquisa (CIP),  responsável pela execução da Política de Boas Práticas e Integridade em Pesquisa da Unicamp e pelo acolhimento, avaliação e encaminhamento de casos suspeitos de má-conduta ou má-prática em pesquisa científica, e no estabelecimento da Comissão de Gestão de Dados de Pesquisa

Comissão de Gestão de Dados de Pesquisa (CGDP) responsável por sustentar e promover a política institucional de dados de pesquisa da Unicamp, propondo ações neste campo segundo as melhores práticas em âmbito nacional e internacional para apreciação e deliberação pela Comissão Central de Pesquisa. A CGDP é ainda responsável pela gestão do Repositório de Dados de Pesquisa (REDU), qualificado pela Política de Acesso Aberto à Produção Intelectual e Científica como instrumento oficial incumbido de armazenar conteúdos digitais na forma de software, dados brutos de pesquisa, gravações de áudio e vídeo, questionários, códigos computacionais, fotografias e imagens, planilhas, entre outros.

Política de Acesso Aberto à Produção Intelectual e Científica definiu ainda o Repositório da Produção Científica e Intelectual da Unicamp como instrumento oficial para armazenar conteúdos na forma de artigos, livros, capítulos de livros, teses, dissertações e demais publicações.

 

Matéria relacionada:
Revista Fapesp Unicamp lança política de integridade em pesquisa

 

Site da PRP
Boas práticas em pesquisa

 

 

Site desenvolvido por Chuva Inc.